Uma Breve História Sobre Gato Doméstico

Tempo de leitura: 8 minutos

Uma Breve História Sobre Gato Doméstico

A história sobre gato doméstico ou urbano, também é conhecida sendo da Família dos felídeos.

É um predador natural que se alimenta de diversos animais, como pássaros, ratos lagartixas e alguns insetos.

História Sobre Gato Doméstico
História Sobre Gato Doméstico

Sua relação com o ser humano começou há cerca de 9.500 anos atrás, mas a domesticação dessa espécie oriunda do continente africano é muito mais antiga.

Sua evolução deu origem ao Dinictis, espécie que já apresentava a maior parte das características presentes nos felinos atuais.

Sendo também o antepassado de linces, jaguatiricas, grandes felinos como tigres pumas, leões, onças, leopardos e o extinto tigre-dente-de-sabre.

Em toda história sobre gato doméstico foi descoberto cerca de 250 raças, onde ele é classificado de porte pequeno e médio.

Origem e História do gato Doméstico

A origem e história do gato doméstico denominou-se no ano de 1798 e foi chamado de Feliz silvestre, e em 1775 eram considerados uma das subespécies do gato selvagem.

Origem Sobre Gato Doméstico
Origem Sobre Gato Doméstico

Pois é inédito o cruzamento entre gatos domésticos e selvagens, assim formam as espécies diferentes.

Você sabia que atualmente os gatos domésticos são uma adaptação evolutiva dos gatos selvagens?

Os resultados dos cruzamentos com diferentes espécies de gatos deram origens a gatos menos agressivos.

A primeira vez que os gatos foram domesticados, foi no Oriente Médio na agricultura.

Os sinais mais antigos de associação entre homens e gatos datam de 9 500 anos atrás e foram encontrados na ilha de Chipre.

Abaixo você conhecerá um pouco sobre a história do gato doméstico e sua evolução!

Evolução e História Sobre Gato Doméstico

Quando a população humana passou a depender substancialmente da agricultura, a produção e armazenamento de cereais acabaram por atrair roedores.

Evolução Sobre Gato Doméstico
Evolução Sobre Gato Doméstico

Foi nesse momento que os gatos vieram a fazer parte do cotidiano do ser humano.

Eles possuírem um forte instinto caçador, esses animais espontaneamente passaram a viver nas cidades e exerciam uma importante função na sociedade.

Função que era de eliminar os ratos e camundongos, que invadiam os silos de cereais e outros lugares onde eram armazenados os alimentos.

Na evolução e história sobre gato doméstico foram encontrados registros no Egito, como gravuras, pinturas e estátuas de gatos, indicam que a relação desse animal com o egípcio, data de pelo menos 5 000 anos.

Elementos encontrados em escavações indicam que, nessa época, os gatos eram venerados e considerados animais sagrados.

O amor dos egípcios por esse animal era tão grande que havia leis proibindo que os gatos fossem “exportados”.

Qualquer viajante que fosse encontrado traficando um gato era punido com a pena de morte, e quem matasse um gato também.

Em caso de morte natural do animal, seus donos deveriam usar trajes de luto.

http://sobreanimais.com/seu-gato-gosta-de-brincar

História Sobre Gato Doméstico

Compartilhe Este Artigo Com Seus Amigos do Facebook

Compartilhe Este Artigo Com Seus Amigos do Twitter

Compartilhe Este Artigo Com Seus Amigos do Google+

Compartilhe Este Artigo Com Seus Amigos do LinkedIn

História Sobre Gato Doméstico e Sua Popularidade

Ainda na história sobre gato doméstico, houve uma grande popularidade ao chegarem à Pérsia antiga, também passaram a ser venerados.

Havia a crença de que, quando maltratados, corria-se o risco de estar maltratando um espírito amigo.

Criado especialmente para fazer companhia ao homem durante sua passagem na Terra. Desse modo, ao prejudicar um gato, o homem estaria atingindo a si próprio.

Popularidade do Gato Doméstico
Popularidade do Gato Doméstico

No final da Idade Média, a aceitação dos gatos nas casas teve um novo avanço e também se estendeu às embarcações, onde os navegadores os mantinham como mascotes.

Conhecidos como gatos de navios, esses animais assumiam também a função de controlar a população de roedores a bordo da embarcação.

Com tempo, muitos gatos passaram a ser considerados animais de luxo, ganhando boa posição social, sendo até utilizados como “acessórios” em eventos sociais pelas damas.

Nessa época, o gato começou a passar por melhoramentos genéticos para exposições, começando assim a criação de raças puras.

Uma das primeiras raças criadas na história do gato doméstico para essa finalidade foi o persa.

Ele ficou conhecido após sua introdução no continente europeu, realizada pelo viajante italiano Pietro Della Valle.

http://sobreanimais.com/Guia-Para-Gatos-de-14-Vidas

Características do gato Doméstico

A história sobre gato doméstico trouxe a este animal bastante popularidade, servindo ao homem de companhia.

Ainda continuam sendo utilizados por agricultores e navegadores em diversos países para controlar a população de determinados roedores.

Devido ao fato de sua domesticação ser relativamente recente, quando necessário convertem-se facilmente à vida selvagem.

Características do gato Doméstico
Características do gato Doméstico
  • Os gatos, geralmente, pesam entre 2,5 e 7 kg; entretanto, alguns exemplares, como o Maine Coon, podem exceder os 12 kg.
  • Já foram registrados exemplares com peso superior a 20 kg, devido ao excesso de alimentação.
  • Em cativeiro, os gatos vivem tipicamente de 15 a 20 anos, Houve registro de gato ter vivido até 38 anos.

Outras características dos gatos domésticos é que eles têm o tempo de vida mais longo quando não saem pelas ruas, pois isso reduz o risco de ferimentos ocasionados por brigas e acidentes.

A castração também aumenta significativamente a expectativa de vida desses animais, uma vez que reduz o interesse do animal por fugas noturnas e também o risco de incidência de câncer de testículos e ovários.

Curiosidade da História Sobre Gato Doméstico

A conservação de energia dos gatos é o método dormir acima da média da maioria dos animais, sobretudo à medida que envelhecem.

A duração do período de sono varia entre 12–16 horas, sendo de 13–14 horas o valor médio.

Alguns espécimes, contudo, podem chegar a dormir 20 horas num período de 24 horas.

A temperatura normal do corpo dos gatos varia entre 38 e 39 °C. Esse animal é considerado febril quando tem a temperatura superior a 39,5 °C.

É hipotérmico quando está abaixo de 37,5 °C. Comparativamente, os seres humanos têm temperatura normal em torno de 37 °C.

A pulsação do coração desses pequenos mamíferos vai de 140 a 220 batidas por minuto e depende muito do estado de movimentação do animal.

Em repouso, a média da frequência cardíaca fica entre 150 e 180 bpm.

Curiosidades Sobre Gato Doméstico
Curiosidades Sobre Gato Doméstico

Um ditado popular diz que os gatos caem sempre de pé. Durante a queda, o gato consegue por instinto, girar o corpo e prepará-lo para aterrar em pé.

Graças ao sentido agudo de equilíbrio e flexibilidade. Um gato precisa de aproximadamente 90 centímetros para se virar.

Mesmo os gatos sem cauda como grande parte dos indivíduos da subespécie Gato manês da Ilha de Man têm esta habilidade.

Pois o gato usa principalmente as patas traseiras e depende da conservação do momento angular para endireitar o corpo.

Uma curiosidade da história sobre o gato doméstico é que nasceram aqueles que são capazes de nadar, fazem isso somente quando é extremamente necessário, como em caso de queda acidental na água.

E ainda mais os gatos são digitígrados: andam diretamente sobre os dedos; os ossos das suas patas compõem a parte mais baixa da porção visível das pernas.

São capazes de dar passos precisos, colocando cada pata diretamente sobre a pegada deixada pela anterior, minimizando o ruído e os trilhos visíveis.

Resumo

Aqui um pequeno resumo deste artigo que fala de uma breve história sobre o gato doméstico, falando sobre sua origem, suas evoluções ao longo do tempo, passando pela sua popularidade, uma breve descrição de suas características bem como suas curiosidades também.

Guia Para um Gato de 14 Vidas

“DESCUBRA OS SEGREDOS DOS 3 PILARES DA SAÚDE DOS NOSSOS BICHANOS QUE PODE FAZER COM QUE SEU GATO VIVA ATÉ O DOBRO DA EXPECTATIVA DE VIDA ESPERADA…”

E SE VOCÊ DESCOBRISSE UMA FORMA DE FAZER SEU GATINHO VIVER 10, 15 ANOS A MAIS?

Este livro definitivamente só é para quem ama gatos!

 

Deixe Um Comentário!

Share This:

Sobre Claudio Trindade

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =